29º Domingo do Tempo Comum  20/10/2019

 

 

Anúncio do Evangelho (Lc 18,1-8)

 

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

 

Naquele tempo, 

01 Jesus contou aos discípulos uma parábola, para mostrar-lhes a necessidade de rezar sempre, e nunca desistir, dizendo:

02 ”Numa cidade havia um juiz que não temia a Deus, e não respeitava homem algum. 

03 Na mesma cidade havia uma viúva, que vinha à procura do juiz, pedindo: ‘Faze-me justiça contra o meu adversário!’

04 Durante muito tempo, o juiz se recusou. Por fim, ele pensou: ‘Eu não temo a Deus, e não respeito homem algum. 

05 Mas esta viúva já me está aborrecendo. Vou fazer-lhe justiça, para que ela não venha a agredir-me!’”

06 E o Senhor acrescentou: “Escutai o que diz este juiz injusto. 

07 E Deus, não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele? Será que vai fazê-los esperar?

08 Eu vos digo que Deus lhes fará justiça bem depressa. Mas o Filho do homem, quando vier, será que ainda vai encontrar fé sobre a terra?”

21 “Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir”.
22 Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca. E diziam: “Não é este o filho de José?”
23 Jesus, porém, disse: “Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Faze também aqui, em tua terra, tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum”.
24 E acrescentou: “Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria.
25 De fato, eu vos digo: no tempo do profeta Elias, quando não choveu durante três anos e seis meses e houve grande fome em toda a região, havia muitas viúvas em Israel. 26No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia.
27 E no tempo do profeta Eliseu, havia muitos leprosos em Israel. Contudo, nenhum deles foi curado, mas sim Naamã, o sírio”.
28 Quando ouviram estas palavras de Jesus, todos na sinagoga ficaram furiosos. 
29 Levantaram-se e o expulsaram da cidade. Levaram-no até ao alto do monte sobre o qual a cidade estava construída, com a intenção de lançá-lo no precipício. 
30 Jesus, porém, passando pelo meio deles, continuou o seu caminho.

 

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

 

Você é a pessoa mais importante

para a existência da nossa Paróquia.

Vamos abrir as portas da nossa Paróquia, abrindo as portas dos nossos corações.

GOSTOU?  AJUDE NA DIVULGAÇÃO DESTE SITE CLICANDO NA IMAGEM ABAIXO.

NÃO GOSTOU? NOS AVISE, APRESENTANDO SUGESTÕES PARA MELHORIAS.

Contato

Santíssima Trindade Rua Senador Vergueiro, 141 (21) 2553-3114 sstrindade.rj@gmail.com